Até as palavras são difíceis

"Se perguntarem "você quer ter um filho gay?", e a pesquisa for fechada, vai dar quase 100% ´não´. Mas se o voto for aberto, tem quem jogue pra torcida. É claro que quem tem [filhos gays] tem orgulho, não discrimina e trata bem. Mas gostaria de não ter. Respeito quem tem e quem deixa de ter. Não estou em cima do muro, até as palavras são difíceis."
(Milton Neves em entrevista ao Site UOL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Quanto é necessário para ser feliz?

Não é preciso nascer em berço de ouro ou ganhar na loteria para compor reservas. A maior necessidade reside em escolher um padrão de vida c...