sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Escolhas...

Não posso escolher como me sinto, 
mas posso escolher o que fazer a respeito.
(William Shakespeare)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

O mesmo destino para todos

A mesma coisa acontece aos homens bons e aos perversos. A morte é muito democrática; há uma para todos.