Assim Você Me Vê Mãe!

O tempo foi passando
e eu fui crescendo,
e a vida acontecendo
momentos bons, momentos maus
tristezas, alegrias.
Mas com você sempre ao meu lado.
Eu continuo sendo sempre o seu filho.
Quando eu estou com você,
parece que ainda sou aquele menino
que vinha da rua chorando por ter brigado.
O seu amor nunca teve preço mãe.
Você só quis que eu na vida fosse um bom homem
respeitado, honrado.
E é assim que você me vê mãe 
Assim você me vê mãe
Assim você me vê mãe
bom filho, bom menino
com todo seu carinho
Assim você me vê 
Assim você me vê
Assim você me vê
E em seu amor profundo
ninguém melhor no mundo
Assim você me vê
Eu cresci, mas pra você ainda sou um menino,
que em meio as travessuras e castigos, 
sonhos, fantasias  risos e lagrimas,
me sentia seguro, pois tinha você pra me apoiar.
Quantas noites eu acordei gritando por você, 
por causas dos meus pesadelos e você vinha correndo,
e eu adormecia em seus braços.
E  nada mudou!
Pois cresci, mas pra você sou ainda aquele menino.
E é assim você me vê 
Assim você me vê 
E é assim que você me vê mãe 
Assim você me vê mãe
Assim você me vê mãe
bom filho, bom menino
com todo seu carinho
Assim você me vê 
Assim você me vê
Assim você me vê
E em seu amor profundo
ninguém melhor no mundo
Assim você me vê
(Eli Corrêa - Assim Você Me Vê Mãe)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Uma Resposta

Somos a resposta exata do que a gente perguntou Entregues num abraço que sufoca o próprio amor Cada um de nós é o resultado da união De ...