Senhor! Eu sigo navegando!

Certo dia enquanto eu aguardava o ônibus, 
um senhor desconhecido, talvez vendo-me cabisbaixo, 
aproximou-se e disse:
— Toca o barco pra frente!
— Tenha fé! É simples assim!
E como eu precisa ouvir isto!
Obrigado, senhor desconhecido!
(Juarez Araujo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Quer saber mais sobre mim?

Aqueles que me conhecem sabem. Aqueles que não me conhecem julgam. Aqueles que pensam que sabem tudo sobre mim, estão enganados. ...