As Quatro Nobres Verdades Dos Toltecas

1. NÃO SUPONHA NADA
Não faça suposições de coisa alguma. 
Se tens alguma dúvida, esclareça. 
Se desconfias de algo, pergunte. 
Supor te leva a inventar mil histórias 
que somente envenenam tua alma 
sem fundamento algum.

2. HONRE A PALAVRA DADA
Aquilo que sai de tua boca é o que tu és. 
Se não honras tuas palavras, 
estás desonrando a ti mesmo. 
Se não honras a ti mesmo é porque não te amas. 
Honrar tuas palavras é honrar a ti mesmo. 
É ser coerente com o que tu pensas e fazes. 
É ser autêntico e se fazer respeitável 
diante de todos e de ti mesmo.

3. FAÇA O MELHOR
Sempre faça o melhor que podes. 
Assim nunca poderás te recriminar de nada 
nem se arrepender de coisa alguma.

4. NÃO LEVE NADA PARA O PESSOAL
Nem a pior ofensa.
Nem a maior desfaçatez.
Nem a mais grave ferida.

De acordo com a Tradição Tolteca, praticando essas 
QUATRO NOBRES VERDADES tua vida irá mudar. 
Na medida que alguém quiser te atingir, 
será 
atingido por si mesmo, 
mas isso já não é teu problema, 
e sim, problema do outro.

Na década de 1970, um médico cirurgião, descendente dos Toltecas, Don Miguel Ruiz, escreveu um livro contando os quatro ensinamentos fundamentais desta sabedoria que permaneceu escondida dos espanhóis. São eles: Os quatro Compromissos - O livro da Filosofia Tolteca - Um guia prático para a liberdade pessoal - Don Miguel Ruiz - Editora Best Seller


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Uma Resposta

Somos a resposta exata do que a gente perguntou Entregues num abraço que sufoca o próprio amor Cada um de nós é o resultado da união De ...