sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Faz de Conta

"De vez em quando é divertido fechar os olhos e, nessa escuridão, dizer a nós mesmos : — 'Eu sou feiticeiro e quando abrir os olhos verei um mundo que criei e pelo qual sou único e total responsável' — E depois, lentamente, as pálpebras se abrem, como cortinas se levantando sobre o palco. Lá está nosso mundo, com toda certeza, exatamente como criamos."
(Richard Bach)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

O mesmo destino para todos

A mesma coisa acontece aos homens bons e aos perversos. A morte é muito democrática; há uma para todos.