domingo, 23 de setembro de 2012

Sonhos

O que há de maravilhoso numa casa, não é que ela nos abrigue e nos conforte, nem que tenha paredes; é que deposite em nós, lentamente, tantas provisões de doçura, que forme no fundo do nosso coração, essa nascente secreta de onde correm, como água da fonte, os sonhos.
(Saint Exupery, escritor e ilustrador)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Tudo que sei, tudo que vejo

Com meus olhos posso enxergar até onde minha ignorância permite. Depois disto, nada mais posso ver.