Sentidos

De todos os sentidos, a vista é o mais superficial.
O ouvido, o mais orgulhoso. O olfato, o mais voluptuoso.
O gosto, o mais inconstante. E o tato, o mais profundo.
Denis Diderot, filósofo e escritor francês

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Quanto é necessário para ser feliz?

Não é preciso nascer em berço de ouro ou ganhar na loteria para compor reservas. A maior necessidade reside em escolher um padrão de vida c...