Amamos a nós mesmos...


"Nunca amamos ninguém.

Amamos, tão-somente, a ideia que fazemos de alguém.

É a um conceito nosso – em suma, é a nós mesmos – que amamos.

Isso é verdade em toda a escala do amor.

No amor sexual buscamos um prazer nosso 
dado por intermédio de um corpo estranho.

No amor diferente do sexual, buscamos um prazer 
nosso dado por intermédio de uma ideia nossa!"

(Fernando Pessoa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Quanto é necessário para ser feliz?

Não é preciso nascer em berço de ouro ou ganhar na loteria para compor reservas. A maior necessidade reside em escolher um padrão de vida c...