Voce Já Amou De Verdade?



Já se falou tanto em amor, amizade e paixão... Que tal falarmos agora do que não é amor?

Se você precisa de alguém para ser feliz, isso não é amor.
É carência.

Se você tem ciúme, insegurança e faz qualquer coisa para conservar alguém ao seu lado, mesmo sabendo que não é amado (a), e ainda diz que confia nessa pessoa, mas não nos outros, que lhes parecem todos rivais, isso não é amor.
É inexistência de amor próprio.

Se você acredita que "ruim com ele(a), pior sem ele (a)", e que sua vida fica vazia sem essa pessoa, não consegue se imaginar sozinho e mantem um relacionamento que já acabou SÓ porque não tem vida própria - existe em função do outro - , isso não é amor.
É dependência.

Se você acha que o ser amado lhe pertence, sente-se dona (o) e senhora(or) de sua vida, não lhe dá o direito de se expressar, de ter escolhas, só para afirmar seu domínio, isso não é amor.
Ë egoísmo.

Se vocês discutem por qualquer motivo, morrem de ciúmes um do outro, brigam por qualquer coisa, nem sempre fazem os mesmos planos, discordam em diversas situações, não gostam de fazer as mesmas coisas, ir aos mesmos lugares, mas, sexualmente se combinam perfeitamente, isso não é amor.
É desejo.

Se seu coração palpita mais forte, o suor torna-se intenso, sua temperatura sobe e desce vertiginosamente apenas em pensar na outra pessoa, isso não é amor.
É paixão.

Agora, sabendo o que NÃO É AMOR, fica mais fácil analisar, verificar o que está acontecendo e procurar resolver a situação. Ou se programar para atrair alguém por quem sinta carinho, que sinta o mesmo por você, para que possam construir um relacionamento equilibrado no qual haja, aí sim, o verdadeiro e eterno amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Uma Resposta

Somos a resposta exata do que a gente perguntou Entregues num abraço que sufoca o próprio amor Cada um de nós é o resultado da união De ...