domingo, 7 de outubro de 2012

O Viajante é Liberto!

"O viajante chegou ao fim da viagem! Na liberdade do infinito ele está livre de todas as tristezas, as correntes que o prendem são jogadas fora, e a febre ardente da vida não mais existe."
(Dhammapada Coleção de aforismos morais budistas de 300 Ac)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Tempos estranhos!

"Como encontrei muito pouca inteligência em torno,  tive de usar a minha própria." (Paul Léautaud)