quinta-feira, 26 de julho de 2012

Tempo Rei

Não me iludo
Tudo permanecerá
Do jeito que tem sido
Transcorrendo!
Transformando!
Tempo e espaço navegando
Todos os sentidos...
Tempo Rei!
Oh Tempo Rei!
Oh Tempo Rei!
Transformai
As velhas formas do viver...
Ensinai-me! Oh Pai!
O que eu, ainda não sei...


(musica de Gilberto Gil)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

O mesmo destino para todos

A mesma coisa acontece aos homens bons e aos perversos. A morte é muito democrática; há uma para todos.