quinta-feira, 7 de junho de 2012

Amamos a nós mesmos...


"Nunca amamos ninguém.

Amamos, tão-somente, a ideia que fazemos de alguém.

É a um conceito nosso – em suma, é a nós mesmos – que amamos.

Isso é verdade em toda a escala do amor.

No amor sexual buscamos um prazer nosso 
dado por intermédio de um corpo estranho.

No amor diferente do sexual, buscamos um prazer 
nosso dado por intermédio de uma ideia nossa!"

(Fernando Pessoa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Tudo que sei, tudo que vejo

Com meus olhos posso enxergar até onde minha ignorância permite. Depois disto, nada mais posso ver.