segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Senhor! Permita-me encontrá-lo...

Resultado de imagem para Senhor
Nas manhãs frias e cinzentas, em que a amargura for a minha única companhia e os pedaços dos meus sonhos estiverem espalhados pelo chão; permita-me encontrar-Te, Divino Consolador, no motivo de todas as minhas esperanças!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

O mesmo destino para todos

A mesma coisa acontece aos homens bons e aos perversos. A morte é muito democrática; há uma para todos.